5 maneiras corretas de descartar resíduos industriais

Leia em 4 min
A gestão adequada de resíduos industriais desempenha um papel fundamental na preservação do meio ambiente e na promoção de práticas sustentáveis nas operações comerciais.

Confira cinco estratégias essenciais de descartar resíduos industriais com consciência ambiental e compromisso sustentável.

A adoção de métodos eficazes de descarte minimiza impactos negativos, garantindo que os materiais sejam tratados ou descartados de maneira responsável. Veja abaixo como descartar resíduos industriais de maneira ambientalmente correta.

1. Reciclagem estratégica

A separação e destinação correta dos resíduos são o ponto de partida. A reciclagem estratégica envolve identificar materiais recicláveis, como plástico, papel, vidro e metal, e encaminhá-los para centros de reciclagem especializados. Esses materiais são processados e reutilizados na fabricação de novos produtos, reduzindo a demanda por recursos naturais.

2. Tratamento específico

Alguns resíduos industriais podem demandar tratamentos específicos para reduzir sua toxicidade ou volume. Processos químicos, físicos ou biológicos são aplicados para tornar esses materiais menos nocivos antes do descarte, visando minimizar seu impacto ambiental. Veja alguns exemplos:

Tratamento químico:

  • Neutralização de substâncias ácidas ou alcalinas: Muitos resíduos industriais contêm ácidos ou bases, e a neutralização é um método que pode reduzir sua toxicidade, transformando-os em substâncias menos nocivas.
  • Processos de oxidação/redução: Técnicas químicas podem ser aplicadas para transformar compostos químicos em formas menos tóxicas ou menos perigosas.

Tratamento físico:

Separação por processos físicos: Separação de materiais por meio de processos mecânicos, como peneiramento, filtragem, separação magnética, entre outros, para remover contaminantes ou separar materiais mistos.

Estabilização física: Processos como solidificação ou encapsulamento podem ser empregados para tornar os resíduos menos suscetíveis a vazamentos ou liberação de substâncias nocivas.

Confira cinco estratégias essenciais de descartar resíduos industriais com consciência ambiental e compromisso sustentável.

Tratamento biológico:

Biorremediação: Utilização de microrganismos para degradar resíduos orgânicos ou reduzir a toxicidade de certos elementos químicos, transformando-os em compostos menos prejudiciais.

3. Incineração controlada

A incineração controlada é um método de tratamento de resíduos sólidos industriais que envolve a queima controlada desses materiais em instalações específicas, denominadas incineradoras.

Esse processo é projetado para reduzir o volume dos resíduos e destruir substâncias perigosas, transformando-os em cinzas e gases.

Exemplos de resíduos que podem ser submetidos à incineração controlada incluem:

Resíduos Químicos Especiais: Substâncias químicas perigosas, como solventes, produtos químicos fora de especificações, produtos vencidos, podem ser tratados por meio da incineração controlada para eliminar sua toxicidade.

Resíduos Biológicos Específicos: Alguns resíduos orgânicos especiais ou biológicos contaminados podem ser submetidos a esse processo para eliminar bactérias ou outros microrganismos patogênicos.

É importante ressaltar que, apesar de ser uma técnica eficaz na redução do volume e na destruição de substâncias perigosas, a incineração controlada requer instalações adequadas e tecnologias avançadas para minimizar as emissões de poluentes atmosféricos.

A utilização desse método deve ser feita em conformidade com regulamentações ambientais estritas para garantir a proteção do meio ambiente e da saúde pública.

4. Compostagem orgânica

A compostagem orgânica é um método de tratamento de resíduos sólidos que transforma materiais orgânicos em adubo ou composto orgânico.

No contexto dos resíduos sólidos industriais, a compostagem é uma alternativa viável para o tratamento de resíduos orgânicos provenientes de processos industriais, como restos de alimentos, resíduos de madeira, papelão, entre outros.

O mecanismo da compostagem envolve a criação de condições favoráveis para a decomposição controlada por microorganismos, como bactérias e fungos, transformando esses resíduos em composto orgânico rico em nutrientes. Esse composto pode ser utilizado como adubo em jardins, plantações ou na recuperação de áreas degradadas.

No entanto, a compostagem de resíduos sólidos industriais requer uma atenção especial devido à possibilidade de contaminação por substâncias químicas presentes nos materiais.

Assim, é importante realizar uma triagem adequada dos resíduos antes do processo de compostagem, evitando materiais contaminados que possam prejudicar a qualidade do composto final.

5 – Logística reversa

No contexto dos resíduos sólidos industriais, a logística reversa é uma estratégia que visa coletar, tratar e reintroduzir no ciclo produtivo os resíduos gerados após o consumo ou utilização de materiais nas indústrias. 

Descubra como a logística reversa está transformando a Indústria Farmacêutica em um setor mais sustentável.

A aplicação da logística reversa no âmbito industrial pode ser exemplificada de diversas formas:

  • Reutilização de materiais: As empresas podem implementar sistemas internos de reaproveitamento de materiais descartados em seus próprios processos produtivos. Por exemplo, resíduos plásticos podem ser triturados e reintegrados na produção de novos produtos.
  • Coleta seletiva especializada: A implementação de sistemas de coleta seletiva interna nas empresas, com separação adequada dos materiais descartados, permite o encaminhamento específico para os processos de reciclagem, compostagem ou tratamento adequado.
  • Parcerias com recicladoras e centros de tratamento: Estabelecer parcerias com empresas especializadas na gestão de resíduos sólidos para a coleta, tratamento e destinação final adequada dos materiais descartados é uma prática comum na logística reversa industrial.
  • Responsabilidade compartilhada: A logística reversa também envolve a responsabilidade compartilhada entre fabricantes, distribuidores, consumidores e gestores de resíduos na gestão adequada dos materiais pós-consumo, estimulando a conscientização e a participação de todos os envolvidos na cadeia produtiva.

Nós, da eureciclo, estamos alinhados com a promoção da sustentabilidade e incentivamos a implementação de práticas de logística reversa nas indústrias, oferecendo orientações sobre o retorno dos resíduos ao ciclo produtivo e destacando a importância de ações responsáveis para reduzir o impacto ambiental dos materiais descartados.

Entre em contato agora mesmo com os nossos especialistas, estamos prontos para oferecer a melhor solução para a sua empresa! 

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.