O que são resíduos sólidos industriais?

Leia em 3 min
A produção industrial é essencial para a economia global, mas traz consigo preocupações ambientais crescentes, especialmente no que diz respeito aos resíduos sólidos gerados. 

A produção industrial é essencial para a economia global, mas traz consigo preocupações ambientais crescentes, especialmente no que diz respeito aos resíduos sólidos industriais gerados. 

Esses resíduos são diversos e frequentemente desafiam as práticas de tratamento e descarte responsável. 

Definição e categorias de resíduos sólidos industriais

Os resíduos sólidos são materiais derivados dos processos industriais que não integram o produto final, o que demanda um descarte controlado, já que suas composições podem conter substâncias tóxicas prejudiciais ao meio ambiente e à saúde humana.

Resíduos químicos

Entre eles, estão os resíduos químicos, representados por ácidos, solventes e produtos farmacêuticos, e os resíduos tóxicos, como metais pesados e resíduos radioativos. 

Também são definidos como resíduos os efluentes industriais – lodos líquidos provenientes de sistemas de tratamento de esgoto e aqueles gerados na limpeza de equipamentos e instalações em geral.

Leia também: Sustentabilidade na Indústria Farmacêutica: o impacto da logística reversa

Resíduos orgânicos

Além disso, há os resíduos orgânicos, provenientes do processamento de alimentos, como o bagaço de cana, e os resíduos de construção e demolição, que surgem de projetos de edificação ou reforma, como concreto, tijolos,  vidros, cerâmicas e madeira. 

Leia também: 4 Benefícios do retorno de embalagens para o setor de alimentos

Resíduos eletrônicos

Os resíduos eletrônicos, provenientes de equipamentos obsoletos ou descartados, como computadores e telefones celulares, pedaços de plásticos, borrachas e metais também compõem essa categoria.

A produção industrial é essencial para a economia global, mas traz consigo preocupações ambientais crescentes, especialmente no que diz respeito aos resíduos sólidos gerados. 

Classificação dos resíduos sólidos industriais

Os resíduos industriais variam amplamente em termos de composição e classificação, conforme estabelecido pela norma NBR 10.004 da Associação Brasileira de Normas Técnicas. 

Eles são classificados em categorias, de acordo com seu potencial de risco e impacto ambiental.

Classe 1

Os resíduos da classe I, considerados perigosos, abrangem materiais que demonstram características inflamáveis, tóxicas, corrosivas ou outras características perigosas. Exemplos incluem solventes, borra oleosa de processos de refino, produtos fora de especificação, lodo galvânico e resíduos de caixa de decantação, entre outros menos comuns.

Classe 2

Os resíduos da classe II são divididos em duas subcategorias:

A classe II A, não perigosa, abrange materiais que não apresentam as características de periculosidade, mas podem ter propriedades como combustibilidade, biodegradabilidade e solubilidade em água. 

Enquanto isso, a classe II B, considerada inerte, não se enquadra nas classes perigosas e não inertes. Esses resíduos, quando submetidos a testes de solubilização, não liberam seus constituintes em concentrações prejudiciais à potabilidade da água, ou seja, mantêm a água potável quando em contato com eles.

A produção industrial é essencial para a economia global, mas traz consigo preocupações ambientais crescentes, especialmente no que diz respeito aos resíduos sólidos gerados. 

Regulamentações e compromissos legais

A gestão de resíduos industriais é regulamentada pelas Leis nº 6.938/1981 e nº 12.305/2010 e resoluções e instruções normativas específicas. 

O PGRS, em conformidade com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, deve contemplar ações para minimizar a geração de resíduos, procedimentos de tratamento, logística reversa, destinação ambientalmente adequada e proteção à saúde pública.

Ao considerar tais aspectos regulatórios, estratégias inovadoras na gestão dos resíduos industriais e um compromisso contínuo com práticas sustentáveis, as indústrias estão não apenas minimizando seu impacto ambiental, mas também explorando novas oportunidades de negócios e contribuindo para um mundo mais consciente e equilibrado, preservando o meio ambiente e a saúde pública.

Leia também: Entenda o que é o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos

Se você está interessado em diminuir o impacto dos resíduos gerados em sua indústria, nossa equipe de profissionais está preparada para um atendimento personalizado!

Estamos aqui para ajudá-lo a transformar sua marca em um símbolo de comprometimento com o meio ambiente e práticas sustentáveis. Entre em contato conosco agora mesmo para obter mais informações.

A produção industrial é essencial para a economia global, mas traz consigo preocupações ambientais crescentes, especialmente no que diz respeito aos resíduos sólidos gerados. 

Compartilhe!

1 comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.